sábado, 14 de junho de 2014

Birdwatching na Barragem do Alqueva

Tags


Esta barragem é considerada o maior lago da Europa e foi construída com o objectivo de fomentar a agricultura de regadio no Alentejo e produção de energia eléctrica, para além de outras actividades complementares.

A observação de aves torna-se complicada devido à grande dimensão da albufeira, sendo o barco a melhor forma de a explorar.

Algumas observações interessantes que efectuei nos últimos meses:

Gaivota de Audouin (Ichthyaetus audouinii

Esta espécie ocorre principalmente no Algarve, mas tem vindo a ser observada com maior frequência noutras localização ao longo da costa portuguesa. Existem alguns registos de juvenis no interior, inclusivé no Alqueva em 2003.

Ave adulta observada a 14/05/2014

Garajau-grande (Sterna caspia)
Esta espécie ocorre com regularidade apenas no Algarve, mas também pode ser observada ocasionalmente noutros pontos do sul do país, nomeadamente nos Estuários do Sado e do Tejo, Lagoa de Santo André. No interior do país já foi registada na barragem do Caia.

Um dos 4 garajaus-grande observados a 7/4/2014

Gaivina-preta (Chlidonias niger)
Ocorre principalmente na migração pré-núpcial (Abril / Maio)  e na migração pós-nupcial (finais de Julho a Outubro). É uma espécie que nidifica ocasionalmente em Portugal, em que os locais conhecidos são todos no Algarve.

A 12/06/2014 foram observados 4 indivíduos em plumagem nupcial


Águia-pesqueira (Pandion haliaetus)
Está em curso um projecto para reintrodução da águia-pesqueira em Portugal, sendo a barragem do Alqueva o local escolhido para o restabelecimento de uma população auto-sustentável desta espécie.
A águia-pesqueira está extinta como nidificante deste 1997, ocorrendo durante a migração e no Inverno

Águia-pesqueira observada a 14/06/2013

Bibliografia consultada: "Aves de Portugal - Ornitologia do território continental"

Espécies observadas por mim na barragem do Alqueva.