domingo, 1 de novembro de 2015

Migração Outonal em Sagres -- 2015

Mais uma vez estou a participar na monitorização de aves planadoras no Parque Eólico do Barão de São João coordenado pela empresa Strix.  

A península de Sagres nesta altura do ano é um dos melhores locais em Portugal para observar aves em migração.

Aqui ficam algumas fotos que tirei às aves observadas na zona.



Felosa calçada (Iduna caligata), descoberta por observadores ingleses no Vale Santo, a /10/2015. Este é o 1º registo desta espécie em Portugal


Águias de Bonelli (Aquila fasciata) observadas no Barão de S. João.


Sombria (Emberiza hortulana), observados vários indivíduos no Vale Santo.



Ganso-de-faces-pretas (Branta bernicla hrota) observado no Porto da Baleeira a 20/10/2015.



Grifo de Ruepelii (Gyps Ruepellii) observado na Cabranosa, junto com um bando de Grifos, a 9/10/2015



 Garajau-bengalense (Sterna bengalensis) observado no Porto da Baleeira a 20/10/2015.


sábado, 30 de maio de 2015

Falcão-de-pés-vermelhos (Falco vespertinus) -- 2015


13 de Maio de 2015 -  estrada Beja - Beringel - Observada uma fêmea

13 de Maio de 2015, encontrada pelo Rui Caratão, na estrada Beja-Beringel



14 de Maio de 2015 - perto de Baleizão, Beja (38.016081, -7.737258), foram observados 21 indivíduos de Falco vespertinus, num área com girassol ainda recente. As aves estavam pousadas no solo e faziam voos curtos, o que dificultava a contagem de todas as aves.














15 de Maio de 2015 (7h10m) - Observados 2 machos na mesma zona perto de Baleizão, Beja.


http://ebird.org/ebird/portugal/view/checklist?subID=S23615206


16 de Maio de 2015 (20h05m) - Observados 2 machos e 1 fêmea.


http://ebird.org/ebird/portugal/view/checklist?subID=S23616451

quarta-feira, 18 de março de 2015

III Atlas das Aves Nidificantes de Portugal

Começaram os trabalhos de campo para o identicar as espécies que nidificam no nosso território. Vão ser 4 anos a percorrer todo o território português para recolher informação sobre o estatuto das nossas aves nidificantes.

O site da SPEA reune toda a informação necessária de apoio aos colaboradores neste 3º Atlas das Aves Nidificantes de Portugal.

Coloco aqui só os links directos para o material necessário ao observador.

Para consultar o manual do Observador e a metodologia detalhada

Material necessário:


Ficheiros *.kmz (Instruções de utilização)

A introdução dos registos é feita no http://ebird.org/content/portugal/

Se nunca utilizou o eBird então consulte o eBird Quick Start Guide



Se está interessado em participar preencha este formulário.


domingo, 4 de janeiro de 2015

Colhereiro holandês perto das Alcáçovas

No passado dia 2 de Janeiro observámos na Barragem de S. Brissos, no rio Xarrama perto das Alcáçovas, um Colhereiro (Platalea leucorodia) com anilhas coloridas.

Para encontrar o responsável pela anilhagem deste indivíduo bastou pesquisar no site do European colour-ring Birding.

Historial

Ave anilhada ainda no ninho, no dia 1 de Julho de 2014, em Schiermonnikoog, Oosterkwelder, na Holanda.

Colourcode: aGB/YfLG






Foi observada em Lauwersmeer, Jaap Deensgat no dia 14 de Agosto de 2014 e depois disso não houve mais registos.


Esta foi a distância percorrida desde a última observação, na Holanda, e o local onde a observámos.



sábado, 3 de janeiro de 2015

Balanço de 2014

Tags
Passando em revista o ano de 2014, em termos de espécies observadas, não foi nada mau. Tendo em conta que o esforço para observar espécies novas foi quase nulo. Por muito que gostasse de andar a correr o país a observar aves, não é de todo possível. Em 2014 observei 264 espécies de aves, número muito aquém dos registos efectuados por alguns observadores (ver Bubo.org). Foi um ano produtivo em termos de espécies novas, tendo em conta o esforço. As espécies foram:


Galeirão-de-crista / Red-knobbed Coot (Fulica cristata) - Observado na Lagoa da Almargem em Quarteira, no dia 9 de Janeiro de 2014, na companhia de Rienk Geene. Esta ave já andava a ser observada nos dias anteriores e voltou a ser observada nos dias seguintes (eBird-Foz do Almargem).
Posteriormente, no dia 1 de Outubro (lista eBird), com o Paulo Alves, observámos um indivíduo com colar branco com o código 172. A sua origem é http://www.cr-birding.org/node/2076.

Galeirão-de-crista (Fulica cristata)



Tartaranhão-pálido / Pallid Harrier  (Circus macrourus), 3 Oct 2014, Sagres, observado por muitas pessoas. Existem algumas fotos aqui no Forum Aves. (lista eBird)

Felosa-bilistada / Yellow-browed Warbler (Phylloscopus inornatus) 21 Oct 2014, Vilarinha, Sagres (Lista eBird)




Petinha-silvestre / Olive-backed Pipit (Anthus hodgsoni), 23 Oct 2014, Pinhal da Cabranosa, Sagres (lista eBird)



Pilrito-de-uropígio-branco / White-rumped Sandpiper (Calidris fuscicollis), 23 Oct 2014, Martinhal, Sagres (lista eBird)


Gaivota-argentea / European Herring Gull (Larus argentatus), 10 Nov 2014, Porto da Baleeira, Sagres (lista eBird)

Papagaio do mar (Fratercula artica) - 11 Nov 2014 Sagres (Lista eBird)


Capuchinho-dominó (Lonchura punctulata), 20 Nov 2014,  Estuário do Sado (Lista eBird)

Zarro-de-colar / Ring-necked Duck (Aythya collaris), 5 Dec 2014, num açude perto de Évora, na companhia do Marco Mirinha



Ganso de faces brancas (Branta leucopsis) - 16 Dezembro, na Lagoa dos Patos (lista eBird)



Mas ficaram muitas outras por ver. Com calma vamos conseguindo.





Já conhece o eBird?

Tags
Tendo adoptado o eBird para registar as aves observadas durante as minhas saídas de campo, só posso estar mais contente com as potencialidades deste programa. O eBird é uma aplicação online para registo de todas as observações de aves em todo o mundo. E todas as observações contam. 

A inclusão dos nossos registos numa plataforma global como o eBird possibilita a partilha de informação e acima de tudo o conhecimento das populações de aves para futuras acções de conservação e estudos.

Tendo experimentado outras aplicações, decidi abraçar esta aplicação pela sua facilidade de utilização e as suas potencialidades. O eBird surgiu em 2004, mas só nos últimos anos tem recebido uma maior atenção por parte dos ornitólogos portugueses. Por cá o número de utilizadores está a aumentar e o mapa começa a compor-se, havendo locais bem documentados ao longo do ano. Mas ainda faltam muitas zonas. Há que incentivar mais pessoas a utilizar o eBird.

Só por curiosidade, aqui ficam os totais de espécies observados desde 2010.


Portugal Paleártico Ocidental Mundo
2014 375 768 9393
2013 382 723 9311
2012 370 687 9075
2011 353 679 8834
2010 324 636 8511

Estes valores podem ser consultados no eBird.

É certo que estes números podem não reflectir a realidade pois existem muitas espécies que não foram registadas na plataforma, mas dão uma ideia aproximada das espécies que se observaram ao longo dos últimos anos.

A região Alentejo abrange os distritos de Portalegre, Évora, Beja e parte do distrito de Setúbal. Saber o total da região Alentejo, não é fácil, mas é possível. Após algum tempo conclui-se que em 2015 foram registadas/observadas 280 espécies.

Talvez este fosse um aspecto a acrescentar no futuro, fica a sugestão para a equipa do eBird.

Durante a realização do Atlas das Aves Invernantes e Migradoras era utilizada uma outra plataforma que foi desativada. Em minha opinião a SPEA e restantes associações deveriam utilizar em futuros trabalhos de campo esta plataforma. É a minha opinião.

A todos um bom Ano de 2015 com muitas observações e já agora adoptem o eBird e registem todas as vossas observações.


Aqui fica a lista de espécies do meu último dia de 2014, num visita que fiz à Albufeira do Divor, Évora: http://ebird.org/ebird/view/checklist?subID=S21149084